Lições do Chile

O blog Leitura Global retoma suas atividades em 2010 trazendo artigo de Vinicius Wu sobre o processo eleitoral chileno, concluído no último domingo. Em “Lições do Chile”, o autor, que esteve recentemente no país, traça uma distinção entre as realidades chilena e brasileira, rejeitando suposições de que a vitória da direita no Chile possa ser vista como um “sinal” para as eleições presidenciais de outubro no Brasil.

por Vinicius Wu

Eduardo Frei: candidato derrotado da Concertacion

O Chile não é o Brasil. Eis uma advertência óbvia, porém, não inútil para aqueles que pretendem analisar as eleições presidenciais chilenas e estabelecer algum tipo de conexão com o Brasil. Alguns analistas mais afoitos já se arriscam a dizer que a derrota da Concertacion atesta que a transferência de popularidade não é automática e isso valerá para o Brasil em outubro deste ano – uma evidente simplificação. Mas, afinal, o que as eleições do Chile tem a nos ensinar? E, aliás, será mesmo possível estabelecer alguma conexão entre os dois processos?

Leia na íntegra

Compartilhe!

1 Comentário

  1. Bom artigo, que precisamos pensar para o que vai acontecer no BRasil…

    Responder

Deixe uma resposta